29 de nov de 2010

CLASIOMAR VIANA É O REELEITO

As 9:40 Hs dessa segunda – feira, 29 de novembro, foi reeleito a chapa encabeçada pelo vereador Clesiomar Viana, o qual foi eleito pelo critério de desempate, ou seja o vereador Clesiomar é mais velho que o candidato da outra chapa, representada pelo vereador José Leão.

25 de nov de 2010

Renda dos trabalhadores cresce 6,5% e atinge maior marca da série do IBGE

Estimado em R$ 1.515,40, o rendimento médio dos trabalhadores das seis principais regiões metropolitanas do país atingiu em outubro a maior marca da série histórica do IBGE, iniciada em março de 2002, com crescimento de 6,5% na comparação com o mesmo mês de 2009.

Trata-se da maior variação desde junho de 2006. Ante setembro, houve expansão de 0,3%.

Para Cimar Azeredo Pereira, gerente do IBGE, o reajuste real do salário mínimo foi o principal propulsor da renda e proporcionou o avanço do poder de compra, apesar da recente aceleração da inflação.

Graças também à vinculação dos salários mais baixos ao salário mínimo, o rendimento dos empregados sem carteira cresceu 12,8% em relação a outubro de 2010. Já a renda dos com carteira subiu 2,8%. No caso dos conta própria, a alta foi de 6,6% na mesma base de comparação.

A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou em 6,1% em outubro, ante os 6,2% contabilizados em setembro. O índice é o menor registrado na série histórica. Em outubro de 2009, a taxa havia sido de 7,5%.

O IBGE registrou em outubro 1,444 milhão de pessoas desocupadas, com queda de 2,4% no confronto mensal e de 17,6% ante igual período em 2009.

A julgar pelo padrão histórico da taxa de desemprego, é muito provável que 2010 feche o ano com a menor taxa desde 2003, segundo Pereira. De janeiro a outubro, a taxa média ficou em 7%, abaixo dos 8,3% de igual período de 2009. Naquele ano, a taxa média de desocupação ficou em 8,1%.

Fonte: UOL

MONTADA A COMISSÃO DE ORGANIZAÇÃO DE ANIVERSARIO DE 200 ANOS DE GRAJAÚ

Aconteceu no (22) no período da manhã no auditório da Universidade Aberta do Brasil, próximo à AABB em Grajaú, a reunião de criação e implantação da comissão que organizará as festividades e eventos comemorativos aos 200 anos de emancipação da cidade de Grajaú. O evento teve a participação de Mercial Lima de Arruda – Prefeito de Grajaú,Clesiomar Viana – Presidente da Câmara e o Ex-Deputado Estadual Dr. Sávio Dino.

Também compareceram ilustres grajauenses como: Ruth Helena– representante da Academia Grajauense de Letras, Drª Rosa Soraida – Secretária de Cultura, Profº Raimundo de Assunção Cunha, Secretários, Tonico Guará – Escritor, Profª Maria Cléa de Jesus Barros, Vânia Monteiro – Compositora, Arão Marizê– representante da etnia guajajara de Grajaú, Dr. Ericera, Profª Iracilda Falcão – Diretora do CESGRA, Profª Cleiane Chaves,Profº Fernando Barros, Profº José Jairo de Souza – Ex-Secretário de Educação, Luiz Carlos Pinheiro – cantor e compositor e vários produtores de cultura da região.

Por unanimidade Drº Sálvio Dino foi escolhido como o presidente da comissão que organizará os trabalhos para o 200º aniversário de Grajaú. Os participantes também apresentaram várias propostas que depois de analisadas farão parte da programação do evento em 2011, tendo como um dos destaques especiais a criação do “Museu de História do Homem Grajauense”, Lançamentos de Livros, Produção de CDs e de DVDs, Simpósios, Seminários, Criação de Jornais Impressos e Sites.
Outro assunto de grande relevância apresentado foi a questão ecológica e ambiental do Rio Grajaú e sua importância para a formação dos municípios.

Informações e fotos:Alberto Orquisa

23 de nov de 2010

Grajaú ajuíza mais de 300 processos contra a operadora TIM

Desde outubro, os usuários de telefonia celular em Grajaú vêm sofrendo com a falta de prestação de serviços de qualidade. Três empresas apresentam problemas: TIM, OI e Vivo, mas a operadora TIM é a campeã. Nos fins de semana, de modo especial, é impossível realizar ligações locais como interurbanas. O transtorno também se estende com o sinal de internet e telefonia fixa.

Por causa dos constantes problemas, mais de 300 processos foram ajuizados conta a TIM Celular. As audiências já tiveram início e, se condenada, a empresa deverá pagar indenizações de R$ 1 a 2 mil reais para cada usuários que constantemente tem seus serviços interrompidos pela empresa. Já se encontra na cidade um advogado da TIM para acompanhar o andamento dos processos.

Matéria Publicada no site Grajaú de Fato

21 de nov de 2010

Prefeitura troca algumas tábuas da ponte de madeira, mas perigo continua

Durante essa semana ninguém se manifestou sobre o término do conserto da ponte, nem o morador que deu início à campanha para não deixar a ponte cair.

Postado em 21/11/2010 às 12:56

Depois de colocar duas faixas de protesto na Ponte de Madeira, que liga o centro ao bairro Tresidela, em Grajaú, o morador do centro da cidade, Joeder Oliveira, conseguiu colher um fruto para a população grajauense. Na última semana, a Prefeitura Municipal deu início a troca de algumas tábuas na ponte.

A última faixa colocada pelo morador diz: “Visite e fotografe a nossa ponte de madeira, antes que o Rio a leve”. A primeira faixa foi colocada no dia 25 de outubro, no entanto, funcionários da Prefeitura Municipal a retiraram. “A manifestação foi retirada pelo senhor Linduca, responsável pela limpeza pública da cidade e por alguns funcionários da Prefeitura”, relembra Joeder. Já a segunda, colocada no dia 31 do mesmo mês, ainda continua exposta no local.

O serviço da Prefeitura ainda não foi concluído. “Será preciso realmente que o rio leve a ponte para que as autoridades façam alguma coisa?”, questiona o professor Osvaldo, ao passar pela ponte.

Durante essa semana ninguém se manifestou sobre o término do conserto da ponte, nem o morador que deu início à campanha para não deixar a ponte cair.


O trabalho realizado pela Prefeitura na ponte, porém, não vai mudar o que a população mais espera: reformar, de fato, a ponte de Madeira. Não são algumas tábuas o problema que afeta a passagem, mas sim toda a sua estrutura que está comprometida e pode desabar a qualquer momento se nenhuma providência for tomada imediatamente pela Prefeitura. Cabe a Câmara de Vereadores fazer um embate com o Prefeito e cobrar as medidas necessárias urgentemente, pois o perigo continua.

Para relembrar

O site Grajaú de Fato mostrou em imagens o estado da Ponte de Madeira sobre o Rio Grajaú duas vezes durante o ano de 2010. A primeira foi no dia 12 de agosto, com a matéria “Ponte de Madeira pede socorro”. Naquele mês, o presidente da Câmara de Vereadores, Clesiomar Viana, denunciou o estado de conservação da ponte e pediu providências imediatas por parte da administração municipal. “A ponte de madeira faz parte da história de Grajaú, está na memória do nosso povo e não podemos deixar ela se acabar assim”, disse Viana na época. Ainda no mês de agosto, um requerimento coletivo dos vereadores foi enviado ao Prefeito de Grajaú para recuperação da ponte, mas nada aconteceu.

A tradicional ponte de madeira de Grajaú foi construída em 1972, na gestão dos prefeitos Mecenas Pereira Falcão e Livino de Sousa Rezende, sobre o Rio Grajaú. A estrutura idealizada por um carpinteiro da cidade de Balsas se tornou um símbolo cultural do município. Para quem visita Grajaú, é quase que uma obrigação passar pela ponte, que atualmente sofre pelo desgaste, pela ação do tempo e pela falta de manutenção. No Maranhão só há duas pontes com essa estrutura de cabos de aço e madeira: em Grajaú e Balsas.

Matéria Publicada no site Grajaú de Fato

17 de nov de 2010

GRAJAUENSE FICOU RICO COM SEU BANDO AS CUSTA DE ASSALTO A BANCO, MAS FOI DESCOBERTO PELA POLÍCIA

O bando foi detido quando transportava armas em vários veículos


Uma ação conjunta da Superintendência de Investigações Criminais (Seic) prendeu, em menos de uma semana, seis assaltantes que faziam parte de três quadrilhas especializadas em praticar assaltos a agencias bancarias no Maranhão. O primeiro bando foi preso na cidade de Dom Elizeu (PA), na ultima quarta-feira (11), quando se destinava a cidade das regiões Tocantina e do Pará para realizar assaltos.
A ação contou, ainda, com a participação das Policias Federal, Rodoviária Federal e Militar. A segunda prisão foi de um homem envolvido no assalto à agencia bancaria em Colinas. Além da desarticulação dessas duas quadrilhas, o assalto ao banco do município de Buriticupu já está quase elucidado.
Segundo informações do superintendente de investigações Criminais, delegado Marcos Afonso júnior, a Policia está empenhada em desarticular todas as quadrilhas que agem no Estado. “Durante toda a semana desempenhamos várias ações policiais e conseguimos efetuar as prisões desses criminosos, já estávamos investigando essas quadrilhas há vários meses e, nos próximos dias, vamos prender o restante do bando, equipes estão desencadeando operações nessas regiões com o apoio do Grupo Tático Aéreo (GTA) que, também, está contribuindo para elucidação dos casos”, contou o delegado.

CIDADE DE DOM ELISEU

O bando foi detido quando transportava armas em vários veículos, um Honda Civic, de cor dourada com placa HPO-4691 e um Fiesta de cor preta com placa NSI-2400. Ao todo, foram encontradas em poder dos criminosos, duas escopetas calibre 12, com mais de 50 cartuchos, além de dois celulares. Na ação policial, foram presos Valdir dos Santos Cavalcante, natural de Santa Quitéria; Francisco Lima Sales, de Davinópolis; Fábio Ribeiro dos Santos, de Açailândia e Renan Araújo do Nascimento, natural de Marabá no Pará.
Na abordagem, Valdir dos santos informou que havia sido candidato a vereador nas últimas eleições em Santa Quitéria. A informação foi confirmada após a Policia entrar em contato com o juiz eleitoral da cidade.

CIDADE DE COLINAS

Após várias semanas de investigações, a Seic, em conjunto com o Departamento de Repressão ao Crime Organizado do Pará (DRCO), conseguiu identificar um dos criminosos envolvidos no assalto à agencia do Banco do Brasil daquela cidade, acontecido em 25 de outubro deste ano. Estava José Carlos Sales Rocha, conhecido como “Hulk”, 40 anos anos natural de GRAJAÚ (MA). Ele foi detido no Povoado Palmares, município de Tailândia (PA). “Hulk” , em companhia de mais nove bandidos, todos encapuzados e armados com três fuzis AK 47,1 Rougar, 1 AR 15,1 Mosquefal, seis pistolas e três carabinas calibre 12 roubaram uma quantia de mais de R$ 2 milhões.


Hulk é conhecido nesta cidade de Grajaú assim como a família. Residia a Av. Marly Sarney próximo à casa do Zé Buchudo. O mesmo tem oito mandados de prisão por assalta a banco no Maranhão, Pará, Tocantins e Goiás.

Era lavrador e ganhava menos de um salário mínimo, com a mudança de atividade tornou-se próspero financeiramente onde acumulou tem hoje uma chácara de 60 hectares, três caminhões, um trator, máquina agrícola e animais.

Hulk participou do assalto ao carro forte de Barra do Corda no ano passado onde o roubo rendeu R$:1.0000.000,00(Um milhão de reais) juntamente com Francisco Morais, vulgo Batata morador do Remanso em Grajaú que se encontra preso em Pedrinhas.

As investigações, além de apontarem o paradeiro de “Hulk” indicam que ele tem vários mandados de prisão pela participação nos roubos das agencias bancarias das cidades de Esperantinópolis, em 2004; Porto franco, em 2007, e São Domingos em 2008, ele ainda responde pelos crimes de formação de quadrilha e porte ilegal de armas e tem acusações de participação no assalto a um carro-forte em 2008.

Além destes crimes, a Policia investiga a participação de “Hulk” no assalto ao Banco do Brasil da cidade de Nova Mutum (MT) em 2009 e o assalto à agencia de Mirador (MA). O assaltante foi autuado e ficará detido aguardando a decisão da justiça.

Fonte:Blog De olho em Grajaú

CAMINHÃO DA LOJA FEIRÃO DOS MÓVEIS DE GRAJAÚ É ROUBADO

O carro foi encontrado por um funcionário da loja.

O roubo do caminhão baú de cor amarela 113, aconteceu na sexta-feira por volta das 15:00 horas da tarde. O carro foi abordado por três elementos não identificados, eles usavam uma S10 cor escura, o caminhão foi roubado na BR 226 entre o Povoado Passagem Boa e a cidade de Lajeado Novo, sentido a Imperatriz.

O baú transportava móveis para o grupo de loja feirão dos móveis, a mercadoria estava equivalente a um valor de 50 mil reais, além de 04 TVs e 16 geladeiras, foram levados também 02 fogões. O caminhão era conduzido por um motorista da loja que já exércia a profissão há mais de 20 anos.

O carro foi visto por volta das 19:00 da noite circulando na cidade de Sitio Novo, já no sábado o caminhão foi recuperado em um matagal nas margens da BR 226, na localidade conhecida como Monte Pascoal, ainda existia alguns móveis dentro do mesmo, mas de valor pequeno os mais valorizados foram levados. O carro foi encontrado por um funcionário da loja. A Policia Civil investiga quem está por trás do roubo do caminhão.

Fonte: Blog De olho em Grajaú

16 de nov de 2010

Número de mortos por cólera ultrapassa mil no Haiti

O Ministério de Saúde do Haiti informou nesta terça-feira que o número de mortos pelo surto de cólera no país já chegou a 1.034. Os números são de domingo e foram revelados após dois dias de revisão.

Foram 117 mortos a mais que a última cifra. Só na capital, Porto Príncipe, foram 38 vítimas da doença.

As más condições de higiene nos campos de refugiados do terremoto de 12 de janeiro fazem temer um rápido aumento da epidemia de cólera, altamente contagiosa, no país mais pobre da América.

Funcionários de organizações humanitárias que estão no Haiti afirmam ainda que a cifra pode ser subestimada. O ministério afirma que mais de 16.700 pessoas foram hospitalizadas em todo o país. Já a ONG Médicos Sem Fronteiras relatam 12 mil apenas em suas clínicas.

Mais cedo, a OMS (Organização Mundial da Saúde) afirmou que a prioridade neste momento é evitar a propagação do surto de cólera no Haiti e tratar os contaminados, e não investigar as causas da epidemia.

"A prioridade agora não é investigar a origem do surto, mas controlá-lo e dar assistência aos doentes", ressaltou a porta-voz da OMS Fadela Chaib em entrevista coletiva em Genebra.

As declarações da porta-voz foram dadas depois que surgiram rumores de que a epidemia pode ter sido provocada pelas forças da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah), que teriam contaminado um rio em Mirebalais.

A porta-voz da OMS negou que a organização tenha adotado alguma decisão formal para impedir a investigação da origem da epidemia. "Não decidimos não investigar, só dissemos que não é uma prioridade agora. Mas talvez possamos investigar no futuro", ressaltou.

Ela também afirmou que a doença "estará presente durante muitos anos no Haiti'. "A bactéria que a transmite está presente no meio ambiente, e o sistema de água e saneamento no Haiti está em um estado deplorável, por isso a doença não deve desaparecer rapidamente", alertou.

Fonte: UOL

O presidente Lula e a presidente eleita, Dilma Rousseff, defendem o mínimo de R$ 550, como a Folha informou no último sábado. O relator do orçamento a

O governo federal elevou a projeção para o crescimento econômico deste ano de 6,5% para 7,5%. O dado foi divulgado pelo ministro Paulo Bernardo (Planejamento), em audiência na Comissão Mista de Orçamento, nesta terça-feira.

Durante a exposição, Bernardo apontou ainda uma redução na projeção do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2010, de 5,5% para 5,3%. Com isso, a projeção do valor do salário mínimo caiu de R$ 538,15 para R$ 536,88.

O reajuste do mínimo é calculado pela variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes mais o INPC acumulado desde o reajuste anterior. De toda forma, o titular do Planejamento já fez a proposta de arredondar o valor para R$ 540, e afirmou que valores acima disso dependeriam de uma decisão política.

No Congresso, centrais sindicais pressionam por um mínimo de R$ 580, enquanto a oposição defende o valor de R$ 600, uma das bandeiras do candidato derrotado à presidência José Serra (PSDB).

Como a Folha noticiou no último sábado, o presidente Lula e a presidente eleita Dilma Rousseff querem fixar em no máximo R$ 550 o valor do mínimo no próximo ano.

Segundo o boletim Focus divulgado pelo Banco Central nesta terça-feira, a projeção do mercado para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) continua em 7,60% neste ano e em 4,50% em 2011.

Comissão do Orçamento aprova relatório com mínimo de R$ 540

A Comissão Mista de Orçamento aprovou nesta terça-feira o relatório preliminar do projeto de lei orçamentária da União para 2011. O texto fixou as despesas com base em um salário mínimo de R$ 540, embora a decisão final sobre o valor deva ficar para o próximo mês.

No Congresso, centrais sindicais pressionam por um mínimo de R$ 580. A intenção é fazer uma nova rodada de negociação com o governo para discutir o assunto.

O presidente Lula e a presidente eleita, Dilma Rousseff, defendem o mínimo de R$ 550, como a Folha informou no último sábado. O relator do orçamento afirmou que o valor é "razoável" e que caso ocorra qualquer alteração, a mudança será feita por meio de MP (Medida Provisória).

"O salário mínimo de R$ 600 foi vencido nas eleições", argumentou, em exposição aos congressistas, o ministro do Planejamento Paulo Bernardo, referindo-se à proposta apresentada pelo candidato derrotado à Presidência José Serra (PSDB).

Durante a exposição, Bernardo apontou ainda uma redução na projeção do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2010, de 5,5% para 5,3%. Com isso, a projeção do valor do salário mínimo caiu de R$ 538,15 para R$ 536,88.

O reajuste do mínimo é calculado pela variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes mais o INPC acumulado desde o reajuste anterior. De toda forma, o titular do Planejamento já fez a proposta de arredondar o valor para R$ 540, e afirmou que valores acima disso dependeriam de uma decisão política.

O senador Gim Argello (PTB-DF), relator do Orçamento, afirmou ser "razoável" o valor de R$550 e acrescentou que qualquer alteração futura será feita por meio de medida provisória.

"Eu acredito que [o valor do mínimo] possa melhorar alguma coisa", disse.

O governo federal elevou a projeção para o crescimento econômico deste ano de 6,5% para 7,5%. O dado foi divulgado pelo ministro Paulo Bernardo (Planejamento), em audiência na Comissão Mista de Orçamento, nesta terça-feira.

Com isso, foram elevados os valores do Produto Interno Bruto de 2010 e 2011, o que reduzirá, como proporção da economia do país, a meta de superavit primário (a parcela das receitas destinada ao abatimento da dívida pública) no próximo ano.

Os parlamentares precisam votar ainda 48 destaques feitos ao relatório apresentado por Argello --nenhum deles, entretanto, trata de mudança do valor do salário mínimo.

RELATÓRIO

Argello reservou em seu parecer R$ 3,9 bilhões para os estados pelas perdas da chamada Lei Kandir. Assim como no ano passado, a compensação não estava prevista no orçamento enviado pelo governo federal. A maioria das emendas apresentadas pedindo uma reserva para os estados foi de parlamentares da oposição.

A Lei Kandir trata do ressarcimento pela União das perdas dos Estados, municípios e do Distrito Federal por causa das isenções fiscais concedidas a produtos destinados à exportação.

O relator não acatou emendas que aumentavam o valor do salário mínimo, como pressionam centrais sindicais e oposição, e manteve o limite de R$12,5 milhões para emendas individuais- cada parlamentar pode apresentar até 25 emendas. O tema, entretanto, é motivo de destaque na comissão e ainda pode sofrer alterações.

15 de nov de 2010

Somália ultrapassa Iraque e se torna capital mundial do terrorismo

A Somália ocupou o lugar do bicampeão Iraque e se transformou na capital mundial do terrorismo como país que corre maior risco de ataques, segundo ranking da empresa de consultoria global Maplecroft.

O novo Índice de Risco de Terrorismo lista ainda ameaça crescente na Rússia, Grécia e Iêmen, mas menor na Índia e na Argélia. O Brasil fica na 64ª posição, no grupo de países com baixo risco.

A Maplecroft afirmou que, entre junho de 2009 e junho de 2010, período em que o ranking foi elaborado, a Somália sofreu 556 incidentes terroristas que deixaram 1.437 mortos e 3.408 feridos.

"A Somália é o país do mundo com o maior número de mortos por terrorismo em proporção à sua população, tendo superado o Iraque e Afeganistão em número de mortos por ataque terrorista", disse a consultoria.

A principal ameaça, afirma, vem do grupo islâmico Al Shabaab, que reivindicou vários ataques suicidas a bomba, incluindo o ataque em fevereiro de 2009, que matou onze soldados de Burundi na missão de paz da ONU (Organização das Nações Unidas).

O mais recente índice diz que o aumento do perigo verificado na Somália e no Iêmen (9º colocado) se deve à violência ligada à rede terrorista Al Qaeda, enquanto os riscos na Rússia (10ª) estão relacionados a ataques de separatistas no norte do Cáucaso.

O Iêmen caiu 13 posições no ranking e entrou, pela primeira vez, na categoria de "risco extremo" --com 109 ataques entre junho de 2009 e junho de 2010. O grupo cita entre as ameaças a colocação de explosivos em aviões de carga que voaram do país para os EUA, no mês passado. Os explosivos, que deveriam explodir no ar, foram interceptados no Reino Unido e em Dubai.

Mas a maior mudança no ranking ficou por conta da Grécia, que passou do 57º para o 24º lugar, superou a Espanha e tornou-se o país europeu de maior risco. A consultoria atribuiu a tendência a grupos de esquerda e anarquistas violentos --como o responsabilizado pelos recentes pacotes-bomba enviados de Atenas para líderes europeus.

O Paquistão, onde mais de 2.000 pessoas foram mortas desde 2007 em uma onda de ataques de militantes islâmicos, subiu uma posição, tornando-se o segundo país de maior risco, enquanto o vizinho Afeganistão caiu da segunda para a quarta posição.

O Iraque, onde a violência desencadeada após a invasão de 2003 liderada pelos Estados Unidos vem recuando, é o terceiro colocado no ranking --depois de liderar a lista em 2008 e 2009.

O topo da lista inclui ainda os territórios palestinos ocupados (5º), Colômbia (6ª), Tailândia (7ª) e as Filipinas (8ª).

O mundo voltou a ficar em alerta quando a Al Qaeda reivindicou A consultoria britânica leva em conta os riscos de atentados, a intensidade da violência (em número de vítimas por incidente), o histórico de extremismo do país e as ameaças feitas contra ele por grupos como a Al Qaeda. Considera ainda se o país está sob risco de um grupo militante que opera historicamente em seu território.

Os EUA (33º), França (44ª) e Reino Unido (46º) permaneceram como risco médio e Canada (67º) e Alemanha (70ª), como risco baixo.

Fonte: Folha.com

Brasil atrai 60% dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, diz Unesco

O Brasil representa 60% dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) da América Latina, mas os valores totais para a região "continuam insuficientes", segundo o relatório sobre ciência divulgado pela Unesco.

Quatro países --Brasil, Argentina, Chile e México-- concentram 90% dos investimentos em P&D de toda a região, destaca o documento, que acrescenta que os valores investidos são baixos e, além disso, canalizados através de fundos públicos, quase à margem da iniciativa privada.

"Os baixos investimentos em P&D continuam sendo o calcanhar de Aquiles da América Latina, exceto no Brasil, que representa 60% das despesas em pesquisa e desenvolvimento da região", ressalta o relatório da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).

O relatório, que analisa dados de 2007 (ou seja, antes da crise econômica e financeira), revela que os investimentos brutos em pesquisa e desenvolvimento na América Latina e no Caribe só alcançaram 0,67% do PIB (Produto Interno Bruto) da região.

Nos países ricos da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico), a média de gastos na área foi de 2,28% no período.

No entanto, a Unesco afirma que os investimentos na América Latina aumentaram desde os últimos dados, referentes a 2002.

"A proporção de publicações da região mencionadas em 2008 no índice de revistas de ciências alcançou somente 4,9%, e mais da metade dessa percentagem correspondeu ao Brasil (2,7%)", acrescenta o relatório, que revela ainda que Estados Unidos, Europa e Japão são os líderes em investimentos nessa área.

"O papel desempenhado pela América Latina neste âmbito é totalmente irrelevante, assim como o dos países de África e Ásia", afirma.

Além disso, dois terços dos investimentos em P&D na região ainda são financiados com fundos estatais, dos quais 40% são canalizados para universidades e o resto para institutos públicos de pesquisa, revela a Unesco, que ressalta que nos países da OCDE ocorre o inverso.

"Mais de dois terços dos recursos destinados a P&D nesses países procedem do setor empresarial", afirma o texto.

FUGA DE CÉREBROS

Outro dos desafios que a região enfrenta é a fuga de cérebros, incentivada por "baixos salários e insuficiente utilização do capital humano em nível nacional".

"A fuga de cérebros alcança uma percentagem muito elevada em países como Nicarágua (30,9%) e Cuba (28,9%), além de quantidades também significativas em México (14,13%) e Colômbia (11%), e reduzidas em Brasil (3,3%) e Argentina (4,7%)", afirma o relatório, que destaca que muitos dos cientistas que emigram vão para os Estados Unidos.

Por último, a Unesco revela que em seis dos países da região as mulheres ocupam entre 30% e 55% do total de postos para pesquisadores em instituições de ensino superior, uma percentagem mais elevada do que a da maioria das regiões do mundo, inclusive que a da UE (União Europeia).

"Apesar de seus pontos fracos, a região conseguiu alcançar uma posição de destaque no cenário mundial em relação a algumas tecnologias de vanguarda", revela a Unesco.

A organização ressalta que o Brasil ocupa a 18º posição entre os países com mais publicações sobre nanotecnologia e Cuba se situa à vanguarda das tecnologias de produção de vacinas.

Além disso, a Costa Rica criou uma indústria de tecnologia de informação de categoria mundial, enquanto que o Brasil chegou a ser líder no desenho de aviões a reação, na produção eficiente de soja, laranjas e café e na transformação de cana-de-açúcar em etanol.

Fonte: Folha.com

Ibama multa Natura em R$ 21 milhões por uso ilegal da flora

O Ibama multou em R$ 21 milhões a Natura, uma das maiores fabricantes nacionais de cosméticos, por usar recursos da biodiversidade brasileira sem autorização.

Segundo o site Ig, as multas fazem parte de um pacote de autuações de R$ 100 milhões, aplicado a várias empresas nacionais e estrangeiras e resultado de investigação do Ministério Público Federal do DF.

A Natura pertence a Guilherme Leal, candidato a vice-presidente na chapa da senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva.

Segundo Rodolfo Guttilla, diretor de Assuntos Corporativos da Natura, a empresa recebeu 64 autos de infração no último dia 3 e vai recorrer.

Guttilla diz que as multas se devem a "entendimentos diferentes" sobre o processo de autorização para acesso a recursos genéticos.

O tema é regulado por uma Medida Provisória de 2001, que foi alvo de críticas dos cientistas, mas que o Ministério do Meio Ambiente (MMA) nunca conseguiu alterar.

Pela regra atual, qualquer acesso a espécies da fauna e da flora brasileiras para pesquisa depende de uma autorização prévia do CGen (Conselho de Gestão do Patrimônio Genético).

Para um produto ser colocado no mercado, é preciso além disso a anuência do provedor (seja o governo ou uma comunidade tradicional ou indígena) e um contrato de repartição de benefícios.

A Natura diz que 100% de seus produtos têm repartição de benefícios. Mas diz que não pode esperar dois anos por uma autorização de pesquisa do CGen. "Dois anos é o ciclo de vida de um produto no mercado", diz Guttilla.

A situação, diz, ficou mais grave em 2007, quando o conselho, ligado ao MMA, suspendeu a análise dos pedidos de pesquisa da Natura.

Uma das 64 multas se refere à pesquisa de aromas de uma planta coletada dentro da fazenda da Natura em Cajamar (interior paulista).

"Estão extrapolando os limites da racionalidade econômica", reclamou.

Procurado pela Folha no começo da noite de ontem, o Ibama não se manifestou. A assessoria de imprensa do órgão afirmou que não conseguiria localizar ninguém para comentar o caso, por ser sexta-feira à noite.

O presidente do CGen, Bráulio Dias, também não pôde ser localizado até o fechamento desta edição.

Fonte: Folha.com

Bolsa Família será pago pelo celular

Os beneficiários do programa Bolsa Família vão receber seu benefício pelo celular, informa reportagem de Julio Wiziack eToni Sciarretta, na Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

A novidade está sendo avaliada por um grupo de trabalho criado pela Caixa Econômica Federal.

O serviço deverá ser implantado no início de 2011. Para isso, o telefone será equipado com um novo chip, que transformará o telefone em um cartão de pagamento.

A Folha apurou que o "Bolsa Celular" será o primeiro passo da Caixa rumo à prestação de serviços de telefonia, um mercado aberto recentemente pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

As novas regras da agência permitem que qualquer empresa se associe às operadoras móveis do mercado usando a infraestrutura delas para prestar serviços de telefonia diretamente a seus clientes. Por isso, as interessadas foram batizadas de "teles virtuais".

A Anatel permitirá que os bancos escolham dois caminhos. No primeiro, as instituições comprarão no atacado milhões de minutos das teles e depois venderão (ou repassarão como prêmio) aos clientes. Na segunda opção, alugam a rede da operadora e prestam o serviço.


Fonte: Folha.com

Parentes de Silvio Santos e Íris Abravanel serão demitidos do Grupo SS

A fraude bilionária que pôs abaixo o império construído por Silvio Santos nos últimos 50 anos vai provocar a demissão de ao menos 40 parentes do empresário e de sua mulher dentro do Grupo SS.

Silvio tomou a decisão de por fim ao "nepotismo" no Grupo SS na sexta-feira (12), em reunião com seus advogados. A equipe teria concluído que a colocação de parentes em altos cargos de direção e confiança foi o principal motivo para que a fraude ocorresse.

A única empresa do grupo que deve escapar do "corte de parentes" deve ser justamente o SBT.

Na emissora trabalham hoje, entre outros, em cargos de direção, um sobrinho de Silvio Santos, Guilherme Stoliar, e seu primo Leon Abravanel. Ambos têm sido ouvidos pelo empresário e acompanhado as investigações.

REVOLTA

Segundo a Ooops! apurou, a revolta maior com o escândalo de R$ 2,5 bilhões, que praticamente quebrou o PanAmericano, tem sido das filhas e da mulher de Silvio Santos, Íris. A mais ressentida é uma das filhas do empresário, Patrícia (sequestrada em agosto de 2001), que chegou a trabalhar diretamente com Rafael Palladino, até então presidente do banco.

Silvio se reunirá com diretores, gerentes e elenco do SBT a partir desta segunda-feira, com o objetivo de acalmar os funcionários, temerosos com os desdobramentos do escândalo.

Fonte: UOL

Maturidade e compreensão de um mundo interdependente mostram avanço do G20, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou a maturidade dos líderes mundiais na tentativa de conter a guerra cambial e minimizar os efeitos da crise sobre a economia internacional durante a Reunião de Cúpula do G20, em Seul, na Coreia do Sul, que acabou na sexta-feira (12). A avaliação foi feita no programa "Café com o Presidente", que foi ao ar na manhã desta segunda-feira (15). Segundo Lula, prevaleceram a “maturidade” e a compreensão de que, no século 21, o “mundo é interdependente”.

“Todo mundo está de acordo, todo mundo coloca, quase que de consenso, que é preciso que haja um equilíbrio na economia mundial”, disse o presidente. “O mundo é interdependente, ou seja, se os americanos tomarem uma medida econômica para tentar resolver um problema dos Estados Unidos, eles têm que pensar no reflexo disso na China, no Brasil, na Argentina, na Alemanha, na França e em um país africano.”

Lula ressaltou que, se não houver essa compreensão, será a morte do multilateralismo. “É preciso que haja um maior equilíbrio da política cambial para que nenhum país leve vantagem sobre outro.” Em seguida, o presidente acrescentou que “não [estamos mais] discutindo num 'clubinho' fechado como era o G8 [grupo que reúne os países mais ricos do mundo], mas discutindo no G20 [que engloba as maiores economias mundiais incluindo países emergentes], e precisamos envolver outros países que não participam do G20, porque as decisões interessam a todos os países do mundo”.

O presidente lembrou que, antes das reuniões do G20, “muita gente estava descrente”. Porém, foram as cúpulas do grupo que passaram ao mundo “uma certa credibilidade” no esforço de recuperação da economia de vários países.

No programa de rádio, Lula disse ainda que, nas reuniões em Seul, os Estados Unidos e a China foram muito criticados por terem adotado medidas de fortalecimento da economia interna causando prejuízos à ordem financeira internacional. “Houve duras críticas aos americanos e à China, porque eles desvalorizam as suas moedas com o objetivo de facilitar as suas políticas comerciais”, disse Lula.

O presidente afirmou ainda que as negociações sobre Rodada Doha, que discute a abertura do comércio mundial, paralisadas em 2008 em decorrência das eleições nos Estados Unidos e na Índia, deverão ser retomadas. “Nós chegamos à conclusão de que é preciso retomar as negociações, sentar à mesa, começar a discutir a partir de onde nós paramos. Não temos que começar do zero, nós já avançamos muito”, disse ele.

Lula afirmou ainda que a “situação no Brasil é privilegiada” pois, apenas este ano, deverão ser gerados aproximadamente 2,5 milhões de empregos. Segundo ele, o desemprego no Brasil é o menor da série histórica. “Mas o desemprego é muito grande na Europa, é muito grande nos Estados Unidos”, alertou. “Nós compreendemos a preocupação dos presidentes dos países europeus e, também, dos Estados Unidos, mas nós não podemos ser prejudicados por isso.”

Fonte: UOL

14 de nov de 2010

PanAmericano pagou juros de R$ 120 milhões a cliente

O Banco Central encontrou o primeiro indício concreto de desvio de dinheiro no PanAmericano. Um único cliente pessoa física recebia mais de R$ 120 milhões de rendimento por ano numa aplicação na instituição, a taxas muito superiores às de mercado, segundo informa a reportagem de Leonardo Souza e Mario César Carvalho publicada na edição deste domingo da Folha e disponível na íntegra para assinantes do jornal e do UOL.

Enquete: Você acha que essa crise abala a imagem de Silvio Santos?
Após fraude no PanAmericano, Banco Central vasculha carteiras de bancos
"Se pagar bem, claro que vendo o SBT", afirma Silvio Santos
Acompanhe a Folha no Twitter
Conheça a página da Folha no Facebook

Técnicos do BC suspeitam que os juros do investimento eram inflados artificialmente para camuflar a saída dos recursos. Não se sabe ainda se o cliente está envolvido no suposto esquema.

O titular da aplicação é o empresário Adalberto Salgado, de Juiz de Fora (MG). Ele mantinha R$ 400 milhões num CDB (Certificado de Depósito Bancário) do PanAmericano, que o remunerava a mais de 30% ao ano.

O BC já havia identificado problemas na contabilidade, mas não tinha indícios de desvio de dinheiro.

Leia a reportagem completa na Folha, que já está nas bancas.

Assine a Folha

ENTENDA O CASO

O Grupo Silvio Santos, o acionista principal do PanAmericano, anunciou que colocará R$ 2,5 bilhões no banco para cobrir um prejuízo causado por uma fraude contábil. Em seu comunicado oficial, a diretoria do banco menciona "inconsistências contábeis". O dinheiro virá de empréstimo do FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

O BC descobriu que o PanAmericano vendeu carteiras de crédito para outras instituições financeiras, mas continuou contabilizando esses recursos como parte do seu patrimônio. O problema foi detectado há poucos meses e houve uma negociação para evitar a quebra da instituição, já que o rombo era bilionário.

A quebra só foi evitada após o Grupo Silvio Santos assumir integralmente a responsabilidade pelo problema e oferecer os seus bens para conseguir um empréstimo nesse valor junto ao FGC. Como o fundo é uma entidade privada, não houve utilização de recursos públicos. Além disso, a Caixa Econômica Federal, que também faz parte do bloco de controle, não terá de arcar com a perda.

A Polícia Federal informou que instaurou, nesta sexta-feira, inquérito policial para apurar a eventual prática de crimes contra o Sistema Financeiro Nacional. O Ministério Público Federal informou que também vai investigar as transações do banco.

INVESTIGAÇÕES

O Banco Central caiu em cima de pelo menos seis bancos pequenos para averiguar como eles contabilizam as carteiras vendidas a outras instituições, após descobrir fraude no PanAmericano.

O objetivo é detectar uma eventual disseminação de prática contábil fraudulenta nesses bancos na hora de registrar carteiras cedidas.

O "pente fino" se iniciou no último dia 29, antes do feriado de Finados, quando o BC se preparava para falar sobre o assunto.

A fiscalização do BC enviou comunicado a instituições que também adquiriram carteiras de crédito, pedindo explicações detalhadas sobre as operações. O pedido exigiu trabalho dobrado das áreas técnicas para enviar as informações com urgência.

Segundo a Folha apurou, os questionamentos ocorreram quase dois meses após o BC ter detectado as irregularidades no PanAmericano.

Fonte: UOL

'Se pagar bem, claro que vendo o SBT', afirma Silvio Santos

O empresário Silvio Santos atendeu, na noite de quinta-feira, em sua casa, a um telefonema da Folha de S. Paulo. Ele disse que, se alguém pagar o que ele deve ao FGC (Fundo Garantidor de Créditos), que emprestou à sua holding dinheiro para cobrir o rombo do banco Panamericano, pode comprar o SBT. Leia a entrevista.

Folha - Eu gostaria que o sr. desse uma palavra para o público sobre tudo o que está acontecendo no banco.

Silvio Santos - Não posso porque eu assinei um termo de confidencialidade. Eu assinei um termo de conf... confidencialidade... é até difícil de falar! Não posso comentar nada. Só quem pode falar é o Fundo Garantidor de Crédito.

O sr. se encontrou com o Lula. Falou com ele sobre isso?

Que Lula?

O presidente.

Estive com ele falando sobre o Teleton [programa que arrecada recursos para a AACD]. Ele está me devendo R$ 13 mil [risos]. Tive que dar por minha conta porque ele prometeu e não deu os R$ 13 mil [que disse que doaria].

Eu falei para ele: “Se você der R$ 13 mil, a Dilma pode ganhar a eleição”. Porque é o número dela, não é? Não é 13 o número da Dilma? “Pode ser que Deus te ajude e ela ganhe a eleição.”

E ela ganhou do mesmo jeito.

Mas aí é que tá: agora tô preocupado [risos]. Ele fez a promessa e não cumpriu.

E o senhor votou nela?

Eu estou com 80 anos. Você acha que eu vou sair de casa para votar? Vou votar é em mim mesmo aqui em casa.

E aquela história da bolinha [reportagem do SBT afirmou que o candidato tucano, José Serra, foi atingido, numa manifestação, por uma bolinha de papel, e não por um objeto mais pesado, como ele dizia]? Todo mundo está falando que o SBT fez a reportagem porque estava com problema no banco.

Mas que bolinha?

A bolinha que caiu na cabeça do Serra.

Caiu alguma coisa na cabeça dele? [risos] Caiu alguma coisa na cabeça dele?

Na campanha.

Ah, não foi hoje?

Não.

Ah, eu não sei desse negócio de bolinha, não. Isso aí, olha, eu não vejo TV. Televisão, para mim, é trabalho. Só vejo filme. Agora que você ligou para mim eu estava vendo a Fontana di Trevi. Você já viu esse filme, “A Fonte dos Desejos” [de Jean Negulesco]? Eu estava vendo agora.

E essa informação de que o empresário Eike Batista quer comprar o SBT?

No duro?

É.

Ah, me arranja! Arranja para mim que eu te dou uma comissão.

O senhor venderia?

Se ele me pagar bem, por que não? Quem é? “Elque”?

Eike, um dos homens mais ricos do Brasil.

Ele é americano? Eike?

Brasileiro.

Não, não conheço. Mas, se ele pagar os R$ 2,5 bilhões que estou devendo, vendo, é claro que vendo. Não precisa nem pagar para mim, paga para o Fundo Garantidor de Crédito. Eu não posso vender nada sem passar pelo Fundo Garantidor de Crédito.

O senhor está bem? Triste? Chateado?

Eu estou sempre bem. Você já me viu mal?

O senhor ficou surpreso com tudo o que aconteceu?

Não posso falar.

Mas o senhor coloca o seu nome e a sua história como garantia de tudo...

É claro. A holding [do grupo Silvio Santos] só recebeu R$ 2,5 bilhões porque eu dei todos os meus bens em garantia. [A operação se realizou] Como se fosse num banco particular. Mas com banco particular seria mais difícil porque os bancos particulares não querem concorrência [do banco Panamericano].

O Bradesco não emprestaria para o seu banco, né?

É claro [que não]! Acha que o Bradesco... eu não digo o Bradesco. Mas um banco particular não vai querer me emprestar R$ 2,5 bilhões por dez anos. Vai? Até vou tentar conseguir, quem sabe?

E o ex-superintendente do Panamericano, Rafael Palladino?

Palladino? Que Palladino? Nunca fui ao banco. Nem sei onde é o prédio. Quando tenho dinheiro, abro uma empresa no Brasil. Aplico no mercado brasileiro. Mas não sou obrigado a ficar sabendo onde é a empresa. Eu tinha uma fazenda que era a segunda maior do Brasil, a Tamakavi, e nunca fui lá. Nem vi no mapa.

A única coisa com que me preocupo é com a televisão. Eu sou investidor. Se [o negócio] der certo, deu. Se não der certo, não deu. A TV é o meu negócio. Mesmo que não desse certo, é o meu hobby.

Agora, os outros são negócios. Eu não sou obrigado a entender de perfumaria, de banco. Eu não! Isso aí eu boto dinheiro, pago bem os profissionais e eles têm que me dar resultados. E, às vezes, falham. Desta vez, falhou.

E a auditoria não pegou...

Mas quem é que arranja a auditoria? Não é o próprio executivo do banco? Que culpa tenho eu? Você vai publicar isso na Folha? A Folha fez uma matéria muito boa hoje. Ninguém sabia o que era Fundo Garantidor de Crédito. Pensavam que era um órgão do governo. Aquilo ali é praticamente uma companhia de seguros. Nem jornalista sabia. Aquilo ali realmente é para poder emprestar dinheiro, garantir o que você tem no banco. Se você tem até R$ 60 mil, garante.

Não é dinheiro público...

Mas claro que não é. O dinheiro é particular. É uma empresa sem fins lucrativos.

E com o Henrique Meirelles, o senhor tem falado muito?

Nem conheço. Não sei quem é. Olha, capricha, bota uma foto minha bem bonita no jornal.

11 de nov de 2010

Mais assaltos na rodovia Barra do Corda-Esperantinópolis

Está virando rotina os assaltos na rodovia MA-012, que liga Barra do Corda a Esperantinópolis. São 100 quilômetros de buracos, poeira e muita insegurança.
Pelo twitter, os barra-cordenses estão denunciando que na segunda-feira 8, na altura do povoado Capim, dois carros de passageiros, que fazem a linha BDC-Esperantinópolis foram assaltados.
Os carros de passageiros usados naquela estrada são do modelo “pau de arara”, usados na década de 50, que não basta o desconforto da viagem, que para percorrer 100 quilômetros demora-se mais de 5h no trajeto.
Pelo twitter, desconhece ação da polícia, que não consegue conter esses assaltos que estão acontecendo com frequência na MA-012.
A MA-012 é uma estrada que os políticos há 20 anos, quando estão em campanha eleitoral, prometem asfaltá-la. Caso estivesse asfaltada, diminuiria a distância Barra-São Luís em duas horas de viagem.

Fonte: Diário da Barra

Tiririca chega para audiência no TRE de São Paulo

O deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, chegou por volta das 9h desta quinta-feira (11) à sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), na Bela Vista, região central de São Paulo. Ele irá participar de uma audiência que faz parte da ação penal a que ele responde para apurar a veracidade de sua declaração de escolaridade. O deputado eleito deverá ser submetido a uma coleta de material gráfico. Mais cedo chegaram ao TRE o promotor eleitoral Maurício Antonio Ribeiro Lopes e uma perita.

Eleito com 1,3 milhão de votos, Tiririca responde a uma ação penal que apura a veracidade da declaração de alfabetização entregue à Justiça Eleitoral. Uma prova técnica produzida pelo Instituto de Criminalística aponta discrepância de grafia no documento original.

A audiência era mantida em segredo pela Justiça Eleitoral. Tiririca poderá ser submetido a uma coleta de prova diante do juiz. A Justiça pode determinar imediatamente a absolvição ou condenação do candidato - o que não impede sua diplomação, em 17 de dezembro, nem a possibilidade de recursos aos tribunais superiores.

Ação penal
Segundo o TRE, o art. 26, § 9º, da Resolução nº 23.221 dispõe que "a ausência do comprovante de escolaridade poderá ser suprida por declaração de próprio punho, podendo a exigência de alfabetização do candidato ser aferida por outros meios, desde que individual e reservadamente".

A denúncia, oferecida pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) foi recebida em 4 de outubro com base no art. 350 do Código Eleitoral, que prevê pena de até cinco anos de reclusão e o pagamento multa por declaração falsa ou diversa da que deveria ser escrita para fins eleitorais em documento público.

Fonte: G1

Mulher e idoso são levados para Imperatriz depois de acidente na BR-226

Um idoso que pilotava a motocicleta e uma mulher que estava na carreta, foram levados imediatamente para Imperatriz

Postado em 10/11/2010 às 19:22

Na tarde desta quarta-feira, 10, um acidente aconteceu no bairro Expoagra, nas proximidades do bairro Aeroporto, envolvendo um carro pipa, uma motocicleta e uma carreta.

De acordo com informações, o carro pipa estava parado às margens da BR-226, quando a carreta colidiu com o carro. Tentava ultrapassar a carreta, no momento, uma motocicleta, que também acabou participando do acidente.

Um idoso que pilotava a motocicleta e uma mulher que estava na carreta, foram levados imediatamente para Imperatriz de ambulância. A mulher, que foi arremessada da carreta, teve muitas fraturas. Os dois estão em estado grave.

A polícia, até o momento, ainda não identificou as causas do acidente.

Fonte: Matéria publicada no site Grajaú de Fato

10 de nov de 2010

Fim de protesto em Grajaú, caminhoneiros liberam BR nas proximidades da cidade

Promotoria pública da cidade, na pessoa do Dr. Fábio acaba de negociar com caminhoneiros e consegue liberar a BR 226, nos trechos que sai para Imperatriz e para o Povoado Alto Brasil. O protesto que começou ontem a noite pelos caminhoneiros, acabou agora pouco por volta de 13:00 horas da tarde.
Os motoristas esperam agora a liberação da BR na área da reserva indígena, para que possam seguir viajem.

Fonte: Imirante

Cutrim e Rigo Teles alertam sobre incidente de índios e delegado

Os deputados Raimundo Cutrim (DEM) e Rigo Teles (PV), falaram, na sessão de desta terça-feira (11), sobre o incidente ocorrido no último domingo no município Município de Jenipapo dos Vieira, mais precisamente no povoado Santa Maria da Aldeia Canabrava, entre os índios da Aldeia Canabrava e o delegado de Barra do Corda.
O delegado tentou furar o bloqueio feito pelos índios que protestam contra a falta de aulas na reserva e foi alvejado com vários tiros. Alguns índios também foram baleados. Rigo afirmou que o incidente não deveria ter acontecido se os órgãos competentes tivessem tomado providências em relação ao repasse dos recursos para serem empregados no pagamento do transporte escolar, material didático, término das obras e de professores que dão aulas na reserva Canabrava. “Ontem entrei em contato com o secretário de Educação Anselmo Raposo e ele disse que falta somente a Secretaria de Planejamento enviar os recursos para que possa pagar o transporte escolar do pessoal que trabalha nas áreas indígenas”, disse Teles.
Rigo afirmou que o secretário Anselmo Raposo, hoje, em audiência pública na própria Assembleia, irá dar uma posição sobre as medidas que estão sendo tomadas para sanar o problema. “Esperamos que seja solucionado esse problema o mais rápido possível para que não possa acontecer problema mais grave naquela região, porque a BR-226, que passa por dentro da reserva, está bloqueada desde as cinco horas da tarde de domingo”, salientou o deputado.

Fonte: Diário da Barra

9 de nov de 2010

Cotado para Ministério da Fazenda foi professor de Dilma e é obcecado por trabalho

Se depender de afinidade com a presidente eleita, Dilma Rousseff, e do grau de dedicação ao trabalho, Luciano Coutinho, atual presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), é nome forte para o Ministério da Fazenda. Ele é daqueles que chega para trabalhar às 7h da manhã e não volta para casa antes das 22h. Detesta entrevistas, não fala mal de colegas, não se mete em controvérsias e odeia cigarro.

Coutinho foi nada mais, nada menos do que professor de economia de Dilma na Unicamp e costuma aconselhá-la sobre temas que vão da política industrial à infraestrutura. Está no comando do BNDES desde 2007 e não gosta que lhe perguntem sobre a possibilidade de assumir a vaga de Mantega - faz parte de seu caráter prudente.


Uma das principais razões de sua afinidade com a presidente eleita está no perfil desenvolvimentista de suas ideias - traço que não o torna o nome preferido do setor financeiro para a Fazenda. Coutinho teve papel importante na solução formulada pelo governo para enfrentar a crise econômica que arrasou boa parte das economias mundias a partir de setembro de 2008.

Foi ele, ao lado de economistas do Banco, que viajou a Washington no início da crise e voltou de lá com o panorama do tamanho da encrenca e com parte do dignóstico. Era outubro e já não havia mais dinheiro circulando no mercado internacional para emprestar às empresas. Em dezembro, o Tesouro Nacional repassou R$100 bilhões para o BNDES irrigar o crédito, e depois mais R$ 80 bilhões, já sob críticas de endividamento excessivo do governo, com a emissão de títulos públicos. Mas o choque de crédito acabou se mostrando eficiente, apesar de provocar divergência dentro da própria equipe econômica.

Coutinho esteve ao lado de Dilma nos temas e projetos que a presidente eleita considera mais importantes: desde o programa do pré-sal ao planejamento da controvertida hidrelétrica de Belo Monte. Além de ser um dos autores da diretriz governamental segundo a qual o Estado deve promover a internacionalização das empresas mais fortes do país.

É credencial que não acaba mais. O ingresso de Luciano Coutinho na Fazenda ou até em outro posto de primeira linha da equipe econômica só dependerá da costura política final do novo ministério. E será da cota da presidente Dilma.