13 de nov de 2009

Inep cadastra professores para corrigir redações

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação, está cadastrando professores de língua portuguesa para corrigir as redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem se inscrever até as 23h59 deste domingo (15) no site do Inep.

Para se tornar um corretor é preciso ter, pelo menos, dois anos de experiência como professor e curso superior em Letras - língua portuguesa. Quem tiver qualquer parente participando do Enem 2009 não pode se inscrever. A seleção será feita pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe), um dos organizadores do evento.

Fonte: IMIRANTE

12 de nov de 2009

Seduc realizará formação para aplicadores da Prova Brasil e do SAEB

Superintendência de Educação Básica e da Supervisão de Avaliação Escolar, promove nesta sexta-feira (13) a formação de 800 técnicos responsáveis pela aplicação da Prova Brasil e do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB) no Maranhão. A capacitação acontecerá em 22 pólos, simultaneamente, com exceção de São Luís, cuja formação será realizada dia terça-feira (17).

Os testes serão aplicados no Maranhão de 23 a 30 de novembro, abrangendo as escolas urbanas e rurais com mais de 20 alunos matriculados na 4ª e na 8ª série do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio. Este ano, mais de 221 mil estudantes maranhenses participarão do exame.

A avaliação é promovida pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), que em parceria com as redes estaduais e municipais de educação realizarão até o dia 30 de novembro deste ano a Prova Brasil/SAEB.

Nos 217 municípios maranhenses deverão fazer a prova 221.403 alunos de cerca de 3.093 escolas. Estão excluídos do recorte da Prova Brasil/SAEB as turmas multisseriadas, escolas que oferecem exclusivamente o ensino especial e educação de jovens e adultos, assim como as escolas indígenas que não ensinam a língua portuguesa.

Os resultados da Prova Brasil/SAEB deverão ser divulgados no primeiro semestre de 2010. O desempenho por escolas será disponibilizado no site do INEP para consulta www.inep.gov.br.

9 de nov de 2009

MEC enviará os cartões com os locais de prova do Enem até dia 30

O MEC (Ministério da Educação) pretende enviar os cartões com os locais de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 até o dia 30 de novembro. A informação foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (3). O exame será aplicado nos dias 5 e 6 de dezembro.

O cartão de confirmação das inscrições conterá a hora, a data e o local da prova onde será realizado o exame. Além disso, devem constar do documento o número de inscrição, a senha de acesso aos resultados e a folha de leitura óptica para as respostas do questionário socioeconômico.

Caso o estudante não receba o cartão até o dia 30 deste mês, deverá acessar a página de consulta do Inep (http://enem.inep.gov.br/consulta) ou entrar em contato com o Programa Fala Brasil, pelo telefone 0800-616161.

Se o inscrito precisar de atendimento especial e essa informação não estiver no documento, é necessário entrar em contato imediatamente com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que organiza a prova.

Fraude adia exame
A avaliação, que deveria ter sido aplicada a cerca de 4,1 milhões de estudantes nos dias 3 e 4 de outubro, foi cancelada por conta do vazamento de seu conteúdo.

Depois de fraudada a primeira prova, o MEC interrompeu o contrato com o Connasel (Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção), consórcio que estava responsável pela execução do Enem. Em regime de urgência, o Cespe (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília) e a Fundação Cesgranrio foram contratados para executar o novo exame. Os custos já atingiram R$ 131,9 milhões.

O Connasel foi o único a participar da licitação para o Enem 2009, fechada em R$ 116 milhões, dos quais cerca de R$ 36 milhões foram pagos pelo governo. O valor desembolsado se referiu à impressão da primeira prova, que já estava em processo de distribuição, quando dois cadernos foram furtados.

Ao todo, 53.542 candidatos do Enem 2009 pediram alteração de cidade para a aplicação da prova, o que representa 1,3% do universo total de inscritos, de 4.147.527.

Fonte: gazetaweb

7 de nov de 2009

Grajaú: Ministério Público garante pagamento de funcionários da prefeitura

Foram pagos na última quarta-feira, 04, os salários referentes aos meses de agosto e setembro dos servidores da prefeitura municipal de Grajaú. O atraso, que chegou a quatro meses, motivou uma Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer movida pela 1ª Promotoria de Justiça de Grajaú.

Várias denúncias e abaixo-assinados foram encaminhados à promotoria, afirmando que os salários não eram pagos pela prefeitura há quatro meses. Ao requisitar informações sobre o fato, o prefeito do município, Mercial Lima de Arruda, confirmou o atraso e garantiu a quitação dos débitos até o dia 10 de outubro. No entanto, nesta data só foram pagos os salários relativos a dois meses, permanecendo outros dois em atraso.

Buscando garantir a solução do problema, o promotor de Justiça Fábio Henrique Meirelles Mendes garantiu na Justiça, em caráter liminar, o bloqueio das contas da prefeitura municipal de Grajaú até o pagamento dos salários. A prefeitura tentou cassar a decisão, mas conseguiu apenas uma redução nos percentuais bloqueados (45% das cotas do Fundeb, 45% do FPM e 25% do SUS).

O promotor de Justiça requereu, ainda, o pagamento imediato dos salários, debitando-se os valores das contas do município, e o pagamento de uma multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento da decisão. (Da Ascom / MP-MA)