28 de jan de 2011

PC Gusmão é demitido pelo Vasco


pc gusmão vasco nova iguaçu 
PC Gusmão em seu último jogo pelo Vasco
(Foto: Fabio Castro / Agência Estado)
Paulo César Gusmão não é mais técnico do Vasco. Ele não resistiu ao péssimo início do time na Taça Guanabara - derrotas para Resende, Nova Iguaçu, Boavista e a lanterna do Grupo A. Uma reunião na manhã desta sexta-feira na casa do presidente Roberto Dinamite com outros membros da diretoria selou o afastamento do treinador.
Quinta-feira, após a derrota para o Boavista, Dinamite deu entrevista bancando PC no comando do time. Mas a garantia venceu em poucas horas.
Um dos pontos que pesaram contra o técnico foi a desconfiança de algumas pessoas no clube de que ele havia vazado a informação da discussão entre Carlos Alberto e Roberto Dinamite no vestiário. O treinador tinha contrato com o clube até a metade do ano.
Agora, o Vasco vai em busca de um nome para comandar a equipe, que no domingo faz o clássico com o Flamengo, às 19h30m, no Engenhão.
PC Gusmão chegou ao Vasco durante a parada da Copa do Mundo de 2010 para substituir Celso Roth, que surpreendeu a todos no clube e acertou com o Internacional. Na época, o time da Colina estava em penúltimo lugar no Brasileiro, e PC ajudou na recuperação da equipe, que terminou a competição em 11º lugar, livre do rebaixamento.
Perto do fim do ano passado, após notícias de que a diretoria teria se reunido para avaliar sua permanência no cargo (o encontro foi negado pelos dirigentes), PC Gusmão chegou a dar entrevista em tom de despedida e afirmou estar "incomodado com coisas internas que estavam acontecendo". O episódio serviu para abalar a confiança entre as partes, mas o tempo foi passando e PC ficou. Outro ponto que sempre incomodou o clube foi o temperamento explosivo do comandante, que foi expulso três vezes no Brasileiro de 2010.
Neste ano, ele teve a oportunidade de iniciar o trabalho desde a pré-temporada e sempre mostrou muito otimismo com a montagem do time. Tudo foi por água abaixo após três rodadas.
Esta foi a segunda passagem de PC pelo Vasco como técnico. O ex-goleiro, reserva do clube no fim dos anos 80, teve a primeira chance como comandante na Colina quando treinou a equipe interinamente em 2001. Junto com o técnico, saem o auxiliar Acácio e o preparador físico Jorge Sotter.

Fonte: G1
 

Um comentário:

Carlos Alexandre Sousa Oliveira disse...

Wlyssys, gostaria de convidar o nobre blogueiro a entrar nesta luta conosco em prol da nomeação dos excedentes do último concurso para professor do Maranhão, em detrimento das contratações irregulares que ocorrem pela Secretaria de Educação e o Governo do Maranhão.

Segue: EXCEDENTES DO ULTIMO CONCURSO DE PROFESSOR DO ESTADO MOBILIZAM ABAIXO-ASSINADO ELETRÔNICO INÉDITO NO MARANHÃO.
Está no link: http://www.ovianense2.blogspot.com

Contamos com você!