2 de out de 2010

Roseana: Minha casa, Minha vida, e meu voto

O Ministério Público do Maranhão investiga uso eleitoral do Minha Casa, Minha Vida por aliados da família Sarney e em benefício direto da candidatura de Roseana Sarney (PMDB) ao governo e do deputado federal Sarney Filho (PV) à reeleição.

O promotor eleitoral Joaquim Ribeiro gravou em vídeo, em Santa Luzia, um carro de som com adesivos e material de propaganda da coligação de Roseana convocando a população para uma reunião, à noite, para tratar do programa do governo federal, que facilita a compra de casa para pessoas de baixa renda.

A iniciativa foi do prefeito Márcio Rodrigues (PDT) e de seu pai, Oséas Rodrigues, secretário de Governo do município.

Na gravação, no carro de som, o locutor fez o convite: "O prefeito Márcio Rodrigues e o secretário Oséas, junto com a coligação O Maranhão Não Pode Parar, têm a honra de convidar a população em geral para participar de uma grande reunião às 19h. Na oportunidade, serão dadas mais informações sobre as casas (Minha casa, Minha vida). Venha com sua família, você é nosso convidado de honra. (...) Roseana é nossa bandeira, senadora da nossa nação. Roseana é mulher verdadeira".

No encontro, também gravado pelo Ministério Público, Oséas falou dos benefícios que Roseana, Sarney Filho e outros políticos levaram para o estado. Foi citado também o nome do Othelino Neto (PPS), candidato a deputado estadual.

— Percebe-se que a coligação, por seus representantes em Santa Luzia, está utilizando o Minha casa, Minha vida como plataforma política — disse Ribeiro.

— Era para chamar para um ato de campanha, de apoio a nossos candidatos. O locutor confundiu — disse Oséas.

A assessoria de Roseana disse que a governadora não autorizou aliados a fazerem uso eleitoral de programas de governo. A assessoria de Sarney Filho informou que o deputado não pediu nem autorizou os aliados a agirem como agiram. Othelino Neto não foi localizado pelo GLOBO.

Pesquisa do Ibope contratada pela Rede Globo apontou que, pela primeira vez, Flávio Dino, com 23% das intenções de votos, ultrapassou o ex-governador Jackson Lago, que, ontem, teve sua candidatura mantida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por quatro votos a três, no julgamento do recurso do MP que pediu a impugnação do seu registro com base na Lei da Ficha Limpa. Jackson caiu de 25% para 18%.

Roseana aparece com 47% das intenções de votos. Ela tem hoje 53% dos votos válidos, contra 47% dos outros candidatos, mas a margem de erro é de de três pontos. A pesquisa ouviu 1.204 pessoas, nos dias 28 e 29 de setembro. Mesmo com essa diferença, não significa que a então candidata já esteja eleita, visto que nas ultimas eleições a mesma sempre esta na frente nas pesquisas, no entanto não foi eleita. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 33129/2010.

Fonte: site Eleições Maranhão

Nenhum comentário: