2 de out de 2010

Pesquisa Constat aponta segundo turno entre Roseana e Flávio Dino

A segunda rodada de pesquisas do Instituto Constat indica que a eleição para o Governo do Maranhão será decidida em segundo turno. Segundo a pesquisa, a candidata do PMDB, Roseana Sarney, lidera a corrida ao Palácio dos Leões com 41% das intenções de votos. Flávio Dino (PCdoB) é o segundo com 26%, enquanto Jackson Lago (PDT) aparece em terceiro com 21% das intenções de voto.

Os demais candidatos Marcos Silva (PSTU), Saulo Arcangeli (PSOL) e Josivaldo Corrêa (PCB) estão com 1%, cada um. Nulos e brancos somam 3%, e 7% dos eleitores disseram estar indecisos. A soma de todos os candidatos chega a 50%, nove pontos percentuais a mais que a candidata peemedebista.

A pesquisa Constat, contratada pelo Jornal Pequeno, foi realizada entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro, e está registrada no TRE-MA sob o número 37704/2010. Foram entrevistados 1.500 eleitores em 40 municípios de todas as regiões do estado. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.

Rejeição – Segundo a sondagem da Constat, a candidata Roseana Sarney é a mais rejeitada entre os eleitores, com 28%. O segundo com maior índice é Jackson Lago, com 24%, enquanto Flávio Dino tem 4% de rejeição.

Segundo turno – A Constat voltou a fazer simulações sobre o segundo turno. Na disputa entre Roseana Sarney e Flávio Dino, o candidato do PCdoB venceria com 46% das intenções de voto contra 45% da peemedebista. No cenário em que disputam o segundo turno Roseana e Jackson, a peemedebista venceria com 52% das intenções de voto contra 37%. E na terceira simulação, entre Flávio Dino e Jackson, a vitória seria de Dino com 26% contra 21% de Lago.

Na pesquisa para o Senado, o candidato Edison Lobão lidera com 25% das intenções de voto. Na sondagem anterior, ele tinha 21%. Na disputa pela segunda vaga, João Alberto continua à frente, mas, segundo o Constat, o candidato José Reinaldo cresceu em relação à última pesquisa e chegou a 17% das intenções de voto. Já o candidato do PMDB passou de 17% para 18%.

Os candidatos do PSDB aparecem também empatados tecnicamente disputando a quarta colocação. Edson Vidigal tem 8% e Roberto Rocha 7% das intenções de voto. Paulo Rios e professora Socorro, ambos do PSOL, Noleto (PSTU) e Adonilson (PCdoB) aparecem com 1% das intenções de voto cada um.

Segundo a pesquisa 7% dos entrevistados votam nulo ou em branco e 14% estão indecisos.

FONTE: Jornal Pequeno

Nenhum comentário: