20 de out de 2010

Governo está atento ao aumento das importações, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu hoje que, se necessário, o governo pode tomar medidas para conter as importações. "Pode ter (de tomar medidas). Na hora que o Miguel Jorge (ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) me procurar e disser para mim que as importações estão incomodando, nós iremos tomar medidas. Por enquanto o que ele (ministro) acha é que a gente não tem de diminuir as importações, mas nós temos de contribuir trabalhando para aumentar as nossas exportações", afirmou.
Segundo o presidente, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, foram orientados a ficarem atentos 24 horas para que as medidas que tiverem que ser tomadas sejam definidas no momento certo. "Nós estamos com a nossa balança comercial razoável, vamos chegar a US$ 195 bilhões de exportações, vamos ter um superávit previsível importante, ou seja, significa que nós apostamos no auge da crise que era preciso mais livre comércio, que era preciso vender mais e comprar mais. Nós somos contra qualquer restrição ao comércio e portanto, o Brasil está se saindo bem. O que eu espero é que os outros países também se saiam bem", afirmou.

Fonte: IG

Nenhum comentário: