19 de jul de 2009

Concurso para auxiliar judiciário do TJ terá mais de 28 mil candidatos no domingo

O Tribunal de Justiça realiza neste domingo, 19, as provas objetivas do concurso público para o cargo de auxiliar judiciário, nível fundamental, nas cidades de São Luís, Caxias e Imperatriz. Mais de 28 mil candidatos concorrem nas três cidades, sendo a capital o local com maior número de concorrentes, 20.004, seguida por Imperatriz, com 5.141, e Caxias, 3.672.

As 13 pessoas em condições especiais farão as provas na Faculdade Atenas Maranhense (Fama), em São Luís e Imperatriz. Esses candidatos terão auxílio de intérprete de libras, leitura em braile, prova ampliada e salas para cadeirantes e mães que estão amamentando. Caxias não teve nenhuma solicitação.

O concurso acontecerá apenas pela manhã, com início das provas às 8h, em escolas públicas e privadas, conforme lista em anexo. O candidato também pode confirmar seu local de prova no link www.servidor.tjma.ieses-sc.org.br. O gabarito será divulgado na segunda-feira, a partir das 14h.

As provas seguem o cronograma do concurso do TJMA, iniciado no dia 12 de julho com aplicação das provas para os cargos de níveis médio e superior. O concurso oferece um total de 227 vagas para cargos efetivos e cadastro de reserva.

A exemplo do procedimento adotado nas provas de níveis médio e superior, os candidatos deverão utilizar o novo sistema de marcação do cartão-resposta. Com esse sistema, as opções no gabarito devem ser marcadas apenas com um “x”, grafado com caneta preta ou azul, ao invés da marcação de todo o campo reservado à letra correspondente à escolha do candidato.

Dessa forma, a leitura do cartão será por scanner fotográfico e substitui o leitor ótico de marcas. Com o novo sistema é feita a fotografia de toda a folha de resposta, e não apenas dos campos marcados. A direção do Instituto destaca que essa tecnologia reduz o risco de fraudes e aumenta a segurança na conferência dos resultados.

De acordo com o diretor do Ieses, Gilson Luiz Leal de Meireles, o candidato que, por descuido, marcar todo o campo da resposta escolhida, não terá a questão anulada. (Da Ascom / TJ-MA)

Nenhum comentário: