16 de jul de 2010

Inscrições para o Enem se encerram nesta sexta-feira

s inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano acabam as 23h59 desta sexta-feira (16). O prazo, que acabaria no dia 9, foi prorrogado. As provas serão realizadas nos dias 6 e 7 de novembro.

A taxa de inscrição é de R$ 35. As inscrições podem ser feitas exclusivamente pela internet, no site www.enem.inep.gov.br.

Confira perguntas e respostas sobre o exame:

Quem tem direito à isenção de taxa?
Alunos do último ano do ensino médio de escolas públicas e inscritos que assinarem declaração de carência

É obrigatório o uso do CPF próprio?
Sim. O MEC não irá aceitar o documento dos pais ou responsáveis, mesmo que o estudante seja menor de idade. Uma decisão da Justiça, do dia 5, chegou a suspender a exigência do CPF próprio, mas o Tribunal Regional Federal suspendeu a liminar no dia 9.

Como o Enem pode ser usado para a seleção em universidades?
As universidades podem usar o exame como fase única, com o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), como primeira fase do vestibular, combinado com o vestibular da instituição ou como fase única para as vagas remanescentes do vestibular.

Como saber que universidades usam o Enem?
Ainda não há uma lista completa de universidades que usarão o Enem, mas a maioria das universidades federais usará a nota. O MEC orienta os estudantes a pesquisar nas universidades de interesse se usarão a nota do exame.

A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) usarão a nota do Enem?
Não, neste ano, as duas universidades desistiram de usar a nota do exame, porque não seria possível usar o resultado para compor a primeira fase dos dois vestibulares. O mesmo ocorreu no ano passado, devido ao vazamento da prova.

Fonte: G1

Além do ingresso em universidades, para que pode ser usado o Enem?
Pessoas que não concluíram ou não cursaram o ensino médio podem fazer a prova para conseguir o certificado de conclusão. O Enem substituiu a prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) para os maiores de 18 anos que buscam o certificado. Para os não concluintes, a possibilidade já existia no ano passado, mas as regras para a certificação só foram estabelecidas pelo Inep em fevereiro de 2010. Já aqueles que não cursaram o ensino médio poderão participar do Enem pela primeira vez. Caso atinja a pontuação mínima exigida, que é de 400 pontos em cada uma das quatro áreas de conhecimento e 500 na redação, o candidato terá direito ao certificado.

Quem emite o certificado de conclusão do ensino médio?
A emissão do certificado é de competência das secretarias estaduais de educação. Os institutos federais de educação, ciência e tecnologia e os centros federais de educação tecnológica (Cefets) também podem fazer a certificação com base nos resultados do Enem. O candidato deve, no ato da inscrição, indicar a secretaria, instituto ou centro federal pelo qual pretende obter a certificação.

Como é a prova?
Tem 180 questões de múltipla escolha e uma redação. Neste ano, haverá pela primeira vez questões de língua estrangeira. O aluno deverá escolher entre inglês e espanhol. No primeiro dia de prova (6 de novembro), as provas serão de ciências da natureza e humanas, cada uma com 45 questões. No domingo (7 de novembro), os candidatos serão avaliados em matemática e linguagens, cada uma com 45 questões, e também terão de fazer uma redação.

Qual será o horário da prova?
No primeiro dia, o exame começará às 13h e acabará às 17h30. No segundo dia, o horário é das 13h às 18h30.

Quem vai elaborar o exame?
Os responsáveis pela elaboração serão o Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) e a Fundação Cesgranrio. Os dois fizeram a prova do ano passado, em caráter de urgência, após o vazamento da primeira prova, elaborada pelo consórcio Connasel.

Haverá esquema de segurança para evitar nos vazamentos?
Segundo o Inep, as Forças Armadas, as forças policiais federais e estaduais atuarão na segurança do exame. Os Correios ficarão responsáveis pela distribuição.

Quantos estudantes devem fazer o exame neste ano?
A expectativa para este ano é de 4,5 milhões de inscritos, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). No ano passado, cerca de 4 milhões de estudantes participaram do exame.

Nenhum comentário: