2 de dez de 2007

Sem Ar


Talves tenha sido por um olhar
Talves por um sorriso...
Talves tenha sido por aquelas palavras
Ou aqueles instantes contigo...

Talves um dia estaremos juntos
e tudo sera esquecido
Talve possa existir outros momentos
e aí quem sabe...
Nem tudo estara perdido

Meu pés não tocam mais no chão...
Meus olhos não Vêm outra direção...
Da minha boca saem coisas sem sentido
Você era meu farol e hoje estou perdido

O sofrimento vem à noite sem pudor
Somente o sono ameniza a minha dor
Mas e depois? E quando o dia clarear?
Quero viver do teu sorriso, teu olhar

Eu corro pro mar pra não lembrar você
E o vento me traz o que eu quero esquecer
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar
Nos teus braços é o meu lugar
Contemplando as estrelas, minha solidão
Aperta forte o peito, é mais que uma emoção
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz, sem ar

Perdi o jogo, e tive que te ver partir
E a minha alma, sem motivo para existir
Já não suporto esse vazio quero me entregar
Ter você pra nunca mais nos separar

Você é o encaixe perfeito do meu coração
O teu sorriso é a chama da minha paixão
Mas é fria a madrugada sem você aqui,
Só com você no pensamento

Eu corro pro mar pra não lembrar você
E o vento me tráz o que eu quero esquecer
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar
Nos teus braços é o meu lugar
Contemplando as estrelas, minha solidão
Aperta forte o peito, é mais que uma emoção
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz

Meu ar... meu chão é você
Mesmo quando fecho os olhos
Posso te ver

Eu corro pro mar pra não lembrar você
E o vento me traz o que eu quero esquecer
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar
Nos teus braços é o meu lugar
Contemplando as estrelas, minha solidão
Aperta forte o peito é mais que uma emoção
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz, sem ar

O prazer de saber que vc existe


é suficiente


pra matar a tristeza de nem sempre estar com você!!!!





Nenhum comentário: